09 outubro 2007

Comida à “descrição”?!

À porta de alguns restaurantes tipo rodízio, há umas tabuletas com um slogan apelativo que nos convida a entrar: “Comida à descrição!”
Durante alguns instantes, fico ali trépida, reticente, com um pé dentro, outro fora, sem saber bem o que fazer perante a fealdade daquele erro que me tira logo o apetite...

Mas, afinal, qual a diferença entre descrição e discrição? E qual a expressão correcta: à descrição ou à discrição?
Descrição é o acto de descrever, por exemplo, “A lojista fez uma descrição minuciosa do assaltante.
Discrição é a qualidade do que é discreto: “Ela veste-se com muita discrição.”
A expressão à discrição, frequentemente usada, significa “à disposição, à vontade, sem restrições”.
Parece não haver qualquer relação entre esta expressão e a palavra discrição, porém, os dicionários etimológicos dizem-nos que o significado original de discrição é precisamente “capacidade de ser prudente, de se conter”.

Até parece um contra-senso, porque quando comemos num desses restaurantes “à discrição”, somos tudo menos discretos!

12 comentários :

Mafalda disse...

Saudades SAudades...! Foi um gozo bom ir assistir à aula. beijos

Joana disse...

Comemos e bebemos :p
Jantar do Caloiro está quase, contamos com a vossa presença professoras :) Na mesa da turma de 3º ano da tarde :p
Beijinhos

S. Leite disse...

Quando é esse jantar, afinal?!

Mafalda disse...

Dia 19. As professoras arranjam uns caloiros que paguem o jantar.

S. Leite disse...

Hehe! A mim ninguém me conhece... têm de ser os do 3º ano da tarde a pagar o meu!!

S. Duarte disse...

Olá olá!
Vem mesmo a propósito falar de comida neste post!
Dia 19? Ok! Lá estarei! E a comida é à discrição?! Hehe!
Por falar em jantar, qualquer dia marcamos um jantar deste blog! O que acham?
Convidados VIP: os leitores habituais, é claro!
Mafalda, também tenho muitas saudades da vossa turma! A porta está sempre aberta para si!

Jaime disse...

Será que diz-se comida à discrição porque é só entrar na sala e começar a atacar o alimento, sem nos perguntarem o que queremos comer? Sim, porque era uma pergunta indiscreta. :-)

S. Duarte disse...

Bem visto, Jaime :)

casccalensə disse...

Não fará mais sentido se for mesmo "à descrição"? è que desta maneira o empregado DESCREVE o menu, e o pessoal desfruta do que houver, indo mesmo DESCREVENDO de novo aquilo que come.
Não seria bem pensado?

loidia disse...

gostei

S. Leite disse...

Jaime, penso que a ideia de ser "à discrição" implica que fica ao critério, ao discernimento de cada um a quantidade que se come. Ou seja, supostamente deveríamos ser frugais e não abusadores!! No entanto, como o preço é o mesmo, a malta tende a alambazar-se o mais que pode, trocando as voltas ao significado da expressão :P

Anónimo disse...

PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA PUTA v