09 abril 2007

Pudermos ou podermos?

Muito boa gente confunde as flexões poder(es/mos/em) e puder(es/mos/em) do verbo poder.

A primeira pertence ao Infinitivo Pessoal e usa-se sobretudo com preposições como para ou de, por exemplo em frases do tipo: "Para poderem escrever bem, devem ler muito!" ou "O facto de podermos sair mais cedo não obriga a que o façamos."
A segunda corresponde ao Futuro do Conjuntivo e usa-se com as conjunções se e quando, em orações subordinadas condicionais ou temporais, como nestas frases: "Se puderem, leiam este livro durante as férias", ou "Quando pudermos, iremos ter contigo."

Para as distinguir, convém notar que a diferença não é apenas visível (levando à tal hesitação entre escrever a forma verbal com o ou com u), é também audível: nas flexões que se grafam com u (as do Futuro do Conjuntivo), o som do e é sempre aberto ("é"). Se o som do e, pelo contrário, for semi-fechado ("ê"), é garantido que a forma em causa se escreve com o.
Simples, não?

9 comentários:

tazminas disse...

Obrigado pelo esclarecimento! Já deu jeito algumas vezes.

Anónimo disse...

Obrigada. Muito boa explicação!

Anónimo disse...

obrigada pela explicação.Esta muito bem conseguida.

Já comprei o livro e tudo!!!!

Anónimo disse...

Me ajudou muuuito, obrigada!

Anónimo disse...

Muito origada, que bom que alguem neste país se entressa oelo nosso idioma...gostaria ,`se podesse', pagar um bom salário para quem ao portugues se dedica.

Anónimo disse...

Excelente, e uma confusao que as pessoas fazem com frequencia. Gostei do esclarecimento na pronunciacao, embora eu soubesse, ha gente que, infelizmente, nem escrevendo nem falando :) Thumbs up!

Diego Neves disse...

Quem bom! Agora já sei como diferenciar um de outro

Diego Neves disse...

Quem bom! Agora já sei como diferenciar um de outro

Anônimo disse...

Ótima explicação, obrigada.