14 março 2007

“Oh” ou “ó”?

Esta sugestão foi dada pelo Jaime. Obrigada, Jaime ;)


Muita gente hesita, na escrita, entre “oh” e “ó”, quando quer registar a interjeição que acompanha frases exclamativas, como “Oh, não!” ou “Ó Maria!”

A diferença entre “oh” e “ó” é simples: a primeira exprime espanto, admiração. A segunda usa-se no discurso directo e exprime chamamento, quando pretendemos interpelar alguém directamente. Assim, mesmo numa frase como “Oh, meu Deus!”, devemos usar a primeira, pois não estamos propriamente a falar com Deus.



16 comentários :

Rita disse...

Diz-se: "A maioria dos portugueses está desinteressada de tudo". ..ou " A maioria dos portugueses estão desinteressados de tudo" ?????????

Joana (2º ano) disse...

Rita, penso que seja "a maioria dos portugueses está.."!

S. Leite disse...

Pessoalmente, prefiro a concordância de "a maioria (...) está", mas há linguistas que defendem "a maioria dos portugueses estão", alegando que o sintagma "dos portugueses" determina que o verbo vá para o plural.
Ou seja, quando se referir à maioria de algum nome plural, tem toda a legitimidade para usar o verbo no plural; quando falar apenas de uma maioria, sem especificar de quê, então o verbo deverá estar sempre no singular.

Anónimo disse...

Ambas as concordâncias estão corretas, sendo que a maioria dos gramáticos prefere deixar o verbo no singular.

José Honório Marques disse...

Entendo que a "MAIORIA" é uma única coisa no singular(um conjunto); O mesmo que a "colméia" de abelhas, o "feiche" de lenhas, etc... Mesmo que venhamos especificar os índivíduos do conjunto "A Maioria", creio que o mais correto é mesmo deixar a concordância verbal no sigular, apesar de os "mais entendidos" não entenderem da mesma forma. Se é "a maioria" das pessoas, essas pessoas estão unificadas neste conjunto "maioria" que está no singular.
José Honório Marques
Palhoça-SC.

Luciene disse...

Qual é o certo?

Daqueles que não tiveram como me dizer adeus;
Daqueles que não teve como me dizer adeus;

Jêh Niz disse...

Respondendo a pergunta:

Diz-se: "A maioria dos portugueses está desinteressada de tudo". ..ou " A maioria dos portugueses estão desinteressados de tudo" ?????????

As duas maneiras estão corretas.
" A maioria dos potugueses ESTÁ ..."
o verbo concorda com a maioria (que está no singular)

" A maioria dos portugueses ESTÃO ..."
o verbo concorda com os portugueses (que está no plural)

Se as duas maneiras estão corretas, você deve utilizar aquela que mais lhe agradar.

Jêh Niz disse...

De acordo com o que aprendi no ensino médio é o seguinte:

" A maioria dos portugueses ESTÁ .."
o verbo concorda com a maioria (que está no singular)

" A maioria dos portugueses ESTÃO .."
o verbo concorda com os portugueses (que estão no plural)

Logo, se as duas maneiras estão corretas, cabe a quem escreve escolher a forma que mais lhe agrada.

Lúcio disse...

Oh! Que maravilha de aprendizado!
Mas, ó, continue aprendendo!

Odinilson Lima disse...

Muito obrigado pela informação! Bem, mas isso me gerou outra dúvida: a vírgula nesses exemplos é opcional?

Saudações cariocas! =)

Anónimo disse...

Daquele é plural, logo será: "Daqueles que não tiveram como como me dizer adeus".

Anónimo disse...

Amei todas as expliicacoes.. . Sao excelentes!
5 Obrigada por vcs existirem! Bjs. Denise D'avila.

Ana Paula Nascimento disse...

To com muito erro portugues quero volta. Estudar tem pelo menor uma aulas de portugues se vc conhece alguem mim chamar no watsapp (021) 996104920

Ana Paula Nascimento disse...

%%%%%

Tiago disse...

"Mas, oh, continue aprendendo" ou "Mas, ó, continue aprendendo"?

S. Leite disse...

Se a palavra for usada como expressão de melancolia ou abatimento, será "oh": "Mas, oh, continue aprendendo...".
Se a palavra for usada como interjeição de invocação ou chamamento, isto é, para nos dirigirmos a alguém com quem falamos, então será "ó": "Mas, ó, [você aí,] continue aprendendo!".