12 fevereiro 2007

Bem-vindos!



Fica assim inaugurado este nosso blogue sobre Língua Portuguesa, com o qual pretendemos contribuir para desenvolver em todos - alunos e não só, adultos e não só - o gosto pelo nosso idioma. Sejam bem-vindos e voltem sempre!

6 comentários :

Luis Castilho Martins disse...

Finalmente um Blogg, fácil, organizado, do meu interessante e onde vou aprender muito com certeza. Os meus sinceros parabéns e cuidado!!! Vou andar sempre em cima de voçês, mantenham a qualidade.
Será que a expressão "em cima de voçês" está correctamente aplicada e associada ao contexto? Ou será um dos portuguesismos adoptados?
1 Abraço e felicidades para esta vossa aventura.

nós disse...

Olá, Luís! Bem-vindo ao blogue. Pode crer que teremos cuidado, mas somos humanas e, como tal, esperamos também aprender com esta experiência. E contamos com a vossa ajuda para podermos melhorar sempre.
"em cima de" será uma expressão familiar, idiomática. Mas tem toda a legitimidade em existir e em ser usada, nos contextos apropriados, tal como muitas outras por vezes bem engraçadas, como "ficar em águas de bacalhau" ou "a olhar para ontem".

Miguel Moreira disse...

Parabéns pela iniciativa que, ao que julgo saber, é o primeiro Blogue do Instituto Superior de Educação e Ciências (ISEC). Tendo o ISEC um forte departamento de Ciências da Educação, faz todo o sentido a proposta de um Blogue sobre Língua Portuguesa.

Bom trabalho!

Miguel Moreira
Unidade de Ciências e Tecnologias
ISEC

nós disse...

Obrigada pelo apoio, Miguel! Há outro blogue do ISEC, recentemente criado: www.educaisec.blogspot.com

Jorge disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jorge disse...

Parabéns, Sandra. Soube pela Cátia da existência deste blog e não pude deixar de ir visitá-lo (e não «visitar ele», como diz agora a malta, ah, ah, ah). A primeira impressão foi agradável, mesmo sem ter tido tempo de o percorrer em toda a extensão e com a devida profundidade. Iniciativas destas são sempre de saudar e nenhuma é em excesso. Sem promessas, irei procurar ser como o ladrão: voltar ao lugar do crime, que é como quem diz, sempre que possível consultá-lo-ei para ver as novidades e – porque não? – tirar dúvidas (ou discordar, se for caso disso). Como palavra final: não desanimem com as vozes contrárias que possam surgir e, parafraseando a letra do samba: «não deixem o blog morrer».
Um grande beijinho
Jorge Pinheiro