06 outubro 2008

Borradas e burradas


Em linguagem coloquial, diz-se por vezes que alguém fez uma burrada/borrada, quando o resultado da sua acção é desastroso ou pelo menos lamentável. E como se trata de um termo que se diz muito mais do que se escreve, surgem as dúvidas quando pretendemos registá-lo.

No dicionário Priberam (Texto Editores), borrada é «derramamento de borra; borratão; sujeira; porcaria; acção indecorosa». Mas também lá consta burrada, que além de designar um conjunto de asnos («burricada»), significa (em linguagem popular) «asneira, tolice, asnice». E há ainda, como sabemos, o termo burrice, que é «estupidez, asneira», além de «teimosia; casmurrice; amuo».

Conclui-se, portanto, que ambos os vocábulos são válidos para designar uma asneira, dependendo da asneira em si e do nosso ponto de vista sobre ela.

A borrada aplica-se à asneira resultante de um derramamento que causa sujidade (tinta, por exemplo); a burrada aplica-se simplesmente à parvoíce. Ora, bem vistas as coisas, se nem todas as burradas são borradas, quase todas as borradas são também burradas... ou não?!

14 comentários :

Anónimo disse...

ta muita boaaaaaaaaaaa esta

Jorge disse...

Espero não fazer burradas nos próximos dias ;)

Anónimo disse...

Mais vale fazer uma burrada, de vez em quando, do que ser uma cavalgadura......a tempo inteiro!

Anabela disse...

Espero que preste atenção ao que disse e deixe então de ser uma cavalgadura.
Essa mensagem era mesmo para si.

jorge disse...

Ao anónimo do dia 9...
Ficaste muito bem na foto das burradas.
Deve ser frustrante não ter coragem para ofender alguém na cara da pessoa e usar estes meios para o fazer. Só mostraste ser um cobarde e um frustrado na vida.

crispim disse...

já agora...
ó anónimo (ou será anónima?? hmmm)...

Se achas que é uma cavalgadura, porque perdes o teu p+recioso tempo a visitar este lugar virtual? não tens mais nada para fazer, pois claro!

Pipa disse...

Triste, muito triste o comentário do/a anónimo/a... típico de gente desocupada!

Às autoras: não liguem e continuem o bom trabalho!

Anónimo disse...

Não é expressão de mulher mas sim de velho.
O pessoal mais novo não usa este termo.

anamar disse...

hmmmm... bem visto, anónimo de 13 Out. Estamos na pista do assassino! Quem será o velho do restelo??

Rute disse...

Concordo, deve ser um velho seboso e gordoroso.
ahahahahah

Anónimo disse...

Assassino não, mas sim atrasado mental e velho com hálito a bafio.
Vamos pôr aqui em prática a nossa experiência em educação especial.

Anónimo disse...

boa ideia!
Mas para tratar o doente, ele tem que aparecer. Vá vem tratar-te, restelinho!

ana mer disse...

Não é velho restelinho mas sim velho atrasadinho!!! Percebe agora?

Maria de Lourdes Borges de Castro disse...

Escrevo borrada, quando me refiro a um trabalho mal feito; escrevo burrada, quando falo de alguém que fez algo que considero ser uma estupidez.
Maria de Lourdes