30 julho 2008

Reduzir o máximo ao mínimo




Da fusão entre duas ideias - reduzir algo o máximo possível e reduzir algo até à mínima dimensão possível - resulta uma expressão infeliz e incoerente: "reduzir ao máximo".

O que se deve dizer e escrever, portanto, para transmitir as ideias acima mencionadas (ou apenas uma delas), é:

REDUZIR (alguma coisa) O MÁXIMO possível

ou

REDUZIR AO MÍNIMO (alguma coisa).


Portanto, devemos reduzir o máximo possível o consumo de substâncias nocivas para o organismo, ou seja, reduzir ao mínimo o consumo das mesmas.

Resta-nos desejar a todos os leitores umas excelentes férias (se for esse o caso) e despedirmo-nos com este pedido: não se esqueçam de voltar em Setembro!

11 comentários :

Isabel disse...

estás a fechar o estaminé...!?
boa praia!

S. Leite disse...

Mais ou menos... sempre que se justificar e se eu tiver disponibilidade, voltarei para uma achegazita ;)

S. Leite disse...

Quanto à praia... será mais uma miragem! Mas obrigada e igualmente, se for o teu caso :)

Jorge da Luz disse...

Boas Férias
Cá estaremos em Setembro.
Até lá divirtam-se
;)

Anónimo disse...

Sra. Professora

Parece que está de férias e aproveito para desejar um bom descanço.Peço-lhe, se me permite tal coisa, que em Setembro falatá sobre o uso de virgulas nos textos. Confesso que ando baralhado com o assunto. Faço informações e depois há chefes que as deslocam ou tiram. Outros que acrecentam uma série de vírgulas ao texto e eu fico a ver navios.

Os meus cumprimentos

manel

S. Leite disse...

Combinado!

Matilde, Paulo & Rodrigo... e Ruca! disse...

"Nestes últimos dias estaremos efectivamente a reduzir ao mínimo o stress que nos causam as aulas."
Espero que tenha descansado e que faça mais uma passagem pela educação básica, mas no 2º ano!
;)

Hugo Pereira disse...

Já agora, podiam corrigir os erros de português que as pessoas colocam aqui. No texto do anónimo, em cima, a palavra "descanço" está obviamente mal escrita.

O correcto é descanso.

Cumpts,

Hugo Pereira

S. Leite disse...

Trata-se de uma questão delicada, Hugo... Nem toda a gente ficaria feliz ao ser chamada à atenção por ter cometido um deslize ortográfico.

Mas quando o erro é cometido com frequência, costumamos colocá-lo nos destaques do blogue (coluna da direita), sob o título "Não cometam estes erros!"

VickSith disse...

Olá, gostaria de saber se isso se aplica igualmente a expressao "evite a/ao máximo".

Obrigado pela atençao.

S. Leite disse...

"Evite ao máximo", ou seja, evite o mais possível. Faz sentido, certo?
"Evite ao mínimo" é que seria incoerente. Quando muito, podemos dizer "evite (ao máximo) fazer o mínimo ruído", por exemplo!