25 novembro 2009

Para os alunos que vão ser avaliados amanhã...

... aqui fica um texto com erros gramaticais, para treinarem. Quais são?




Muitos de nós concerteza já fomos assedeados por mendigos, que de repente surgem a pedir-nos uma esmola. A maioria tem um ar miseravél e enquadra-se no estereótipo do sem-abrigo, embora hajam enúmeros pedintes bem vestidos, que não se adeqúam à imagem pré-concebida construida pela experiência. Se dependesse de nós deixar-mos de os encontrar, quase todos obtariam por nunca os vêr. Mas se todos trouxessemos connosco uma moeda para despensar, um bolo, ou uma sandes, seríamos todos mais felizes.

21 comentários :

Alfredo M B Caiano Silvestre disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
S. Leite disse...

Aos que não são alunos:
desculpem, mas só publicarei os vossos comentários depois da avaliação, para que os alunos não se sintam tentados a ver as soluções nos comentários antes de tentarem resolver o desafio sozinhos.
Posso dizer-lhe já, A. Caiano Silvestre, que não corrigiu tudo o que havia para corrigir ;)

Anónimo disse...

Olá Professora!
Os erros que encontrei foram os seguintes:
concerteza -forma correcta com certeza;
adeqúam - forma correcta adequam;
construida - " " construída
obeteriam - " " (concorância com o sujeito "nós" ) obeteriamos;
vêr - forma correcta ver;
despensar - forma correcta dispensar.
gostaria de saber se acertei em todas...poderá responder-me p o eu e-mail: frederica_neves@hotmail.com
obrigada!
Frederica Neves

S. Leite disse...

Pronto, para facilitar, eu digo que há 13 erros no texto!
Frederica, já lhe respondi por e-mail.

instituto superior de educação e ciências disse...

Olá Professora!

São os seguintes os erros que detectei:
*concerteza - a forma correcta é "com certeza";
*assedeados - a forma correcta é "assediados";
*miseravél - a forma correcta é "miserável";
*enúmeros - a forma correcta é "inúmeros";
*construida - a forma correcta é "construída";
*obtariam - a forma correcta é "optariam";
*vêr - a forma correcta é "ver";
*trouxessemos - a forma correcta é "trouxéssemos";
*despensar - a forma correcta é dispensar

Será que falta alguma?

Cláudia Roberto

instituto superior de educação e ciências disse...

Olá Professora!

Eu novamente... Só agora vi a sua resposta à Frederica de que existem 13 erros.

De facto, após uma leitura mais atenta, penso ter detectado mais 3 erros. São eles:
*hajam - deve escrever-se, neste caso específico, "haja", por o verbo se apresentar o sentid de "existir";
*adeqúam - a forma correcta será "adequam" (seria diferente se fosse "adeqúem" ou "adeqúe");
Finalmente,
*uma sandes - ou se escreve "uma sande" ou "umas sandes".

Mas 13 Professora?!!!

Se me pudesse dizer qual é esse erro misterioso agradecia. Já li e reli o texto tantas vezes...

Obrigada

Cláudia Roberto

instituto superior de educação e ciências disse...

Olá Professora!

Eu novamente... Após uma leitura mais atenta, detectei, de facto mais 3 erros. São eles:
*adeqúam - a forma correcta será "adequam" (com acento seria "adeqúe" ou "adeqúem");
*hajam - deverá ser "haja" (o verbo haver assume aqui o sentido de existir);
*uma sandes - deverá escrever-se "uma sande" ou "umas sandes".

Onde está o 14.º erro?!!! Já li e reli o texto várias vezes e não consigo encontrá-lo. Poderia dar-me uma ajuda?

Obrigada, Professora.

Cláudia Roberto

Anónimo disse...

com certeza ; assediados ; derepente; miserável; ajam; inúmeros; preconcebido; contruída; deixarmos; optariam; ver; trouxéssemos; dispensar

Arrisquei...

Carolina de Meireles Pelixo

S. Leite disse...

Uma sandes é correcto (porque o termo estrangeiro, "sandwich", também acaba no som "ch" (com símbolos do AFI seria melhor...). Aliás, também se consagrou sanduíche (nome masculino), mas tem sido preterido em favor da mais actual e popular "sandes").
Há dois erros no texto que ainda ninguém referiu. E um deles é GRAVÍSSIMO!! Ai, ai, ai...

instituto superior de educação e ciências disse...

será têm em vez de tem?

Carolina

instituto superior de educação e ciências disse...

Professora envie-nos a correcção por favor,estamos a desesperar =)

Carolina de Meireles Pelixo

Cláudia disse...

Professora, descobri! Um deles...mas estou empenhada em descobrir o outro. É então:
*deixar-mos - é claro que é deixarmos a forma correcta!

Certo?

Cláudia disse...

Ah! E *pré-concebido,que deve escrever-se preconcebido. De facto só me apercebi do *deixar-mos (forma correcta: deixarmos) com muito esforço, mas quanto ao *pré-concebido (mais correctamente preconcebido) há dicionários que o consideram, pelo que nem me lembrei de o referir.

Terminei a tarefa?

Cláudia Roberto

instituto superior de educação e ciências disse...

Pode ser que à 3ª seja de vez, no entanto, tenho as minhas dúvidas.

Com certeza ; assediados; miserável; haja;inúmeros; adequam; preconcebida; contruída; deixarmos; optariam; ver; trouxéssemos; dispensar.

Carolina de Meireles Pelixo

instituto superior de educação e ciências disse...

será que falta estereotipo e deixarmos?(e os outros todos já referidos)
Rosarinho

Rosarinho disse...

Professora, arrisquei o "deixarmos" pois não percebi se o hifen estava lá por causa da mudança de linha sou se era mesmo um erro.
Rosarinho

RafaelMG disse...

Penso que o erro gravíssimo seja *deixar-mos, que deveria ser DEIXARMOS (aqui "mos" não é contracção de me + os)...

Se "uma sandes" é correcto,e nos restantes concordo com Cláudia, o que falta talvez seja o *pré-concebido!
Houve aqui um post há uns tempos sobre ele, vou ver!

RafaelMG disse...

Confirmei!

É PRECONCEBIDO em vez de *pré-concebido, e juro que nunca mais me esqueço!

Obrigado por nos ensinarem tanto =o)

S. Leite disse...

UFA!

Anónimo disse...

Conosco e não connosco.

S. Leite disse...

Connosco é a grafia certa em português europeu! Deixo a ligação para uma base de dados muito útil, onde poderá confirmar essa informação e encontrar muitas mais:
http://www.portaldalinguaportuguesa.org/index.php?action=lemma&lemma=92952