21 novembro 2008

Material de escritório quietinho...


Esta loja vende produtos e presta serviços na área gráfica, mas, a avaliar pela montra, não presta lá grande serviço à língua portuguesa...
Alguém sabe o que são "estacionários"?!
Parece que é material de escritório, ou de papelaria: canetas, blocos, borrachas e afins. E porquê "estacionários", que é o mesmo que dizer "parados" ou "imóveis"?
Trata-se de uma leviana tradução do nome inglês stationery - com e, pois não é o mesmo que stationary...
Já viram coisa mais absurda?


12 comentários :

papel químico disse...

infelizmente é um termo muito usado pelos designers e pessoas ligadas às artes gráficas. refere-se ao papel timbrado, envelopes, cartões de visita, de cumprimentos, etc.
está ao nível de "fontes" (tipos de letra).

S. Leite disse...

Não acho que esteja ao mesmo nível de "fonte" (que não uso, quando me refiro ao tipo de letra). Porque "fonte", em certos contextos, tem o mesmo significado que "font" (reservatório de água, local de onde brota água, do latim "fons"/"fontis") e existe desde sempre em português. Mas "stationey" é diferente. É verdade que tem a mesma origem de "stationary" e "estacionário", (segundo o dicionário on-line de inglês, «Origin: 1350–1400; ME stacio(u)ner < ML statiōnārius, n. use of the adj.: stationary, i.e., pertaining to dealers with permanent shops as distinguished from itinerant vendors» Mas em português não há qualquer tradição dessa palavra com esse significado, trata-se de uma adopção recente de uma tradução apressada.

Isabel disse...

Olha que o 'Identidade Corporativa' não é muito melhor... 'Corporate Identity'...? Aceitam-se sugestões.

Isabel disse...

E que tal dizer simplesmente 'Papelaria'...? Afinal é mesmo disso que se trata.

Já agora ve isto: http://stationary.name/word-origins.htm

papel químico disse...

quando disse que estava ao mesmo nível de "fonte" referia-me exclusivamente à acepção tipográfica (ex.: "Que fontes usaste no estacionário do ISEG?").
"papelaria" não é o local onde se vende papel e afins? infelizmente não há um termo em português com o mesmo significado e a mesma abrangência de "stationary".
tendo trabalhado muito tempo no sector das artes gráficas, optei sempre por enumerar os materiais para que não houvesse ambiguidades e equívocos.

S. Leite disse...

Mas não é "stationary", é STATIONERY!! Ora, aí é que está!...

papel químico disse...

enganei-me. com "e", pronto. é uma aberração como qualquer outra (como aquelas pessoas que usam o verbo "realizar" no sentido de "I realised that...").

S. Leite disse...

Pois, Papel químico, é verdade, "estacionário" está ao nível de "fonte" quando designa tipo de letra. E também ao nível do "realizar" (= aperceber-se de). E comnpreendo, "stationery" é uma palavra que fazia falta na nossa língua. Só acho que podíamos ser um pouco mais criativos e menos servis em relação ao inglês...

papel químico disse...

concordo contigo, claro. quando disse que enumerava os materiais era justamente para evitar usar a palavra "estacionário". infelizmente nunca consegui encontrar uma formulação melhor.

S. Leite disse...

Já estou como a Isabel, se é sobretudo de papel que se trata, porque não "papelaria"? Está bem, já existe e é o nome da loja. Mas não há mais palavras com vários sentidos diferentes, caramba? Os ingleses não têm medo da polissemia...

PS - desculpem, mas exalto-me um bocadinho com estas coisas :P

Anónimo disse...

a exaltação costuma ser má conselheira...

Anónimo disse...

O problema de "papelaria" é que é alusivo a produtos físicos, e na indústria gráfica há a distinção entre a concepção gráfica ("design") e a sua produção material. Há empresas que só fazem a primeira parte e se utilizarem a expressão "papelaria" dá a entender que também tratam da produção, o que pode criar uma expectativa errada no cliente. Eu uso a palavra estacionário não porque goste mas porque, de facto, não conheço outra melhor.