10 dezembro 2007

«Em rigor» ou «a rigor»?


Eis duas expressões muito parecidas, mas que, pelo menos em português europeu, têm sentidos diversos:

A locução em rigor pode ser interpretada literalmente, pois costuma preceder explicações ou exposições de ideias que se pretendem exactas. Pode ser, portanto, substituída pelo advérbio rigorosamente: por exemplo, na frase: «Em rigor, deveríamos dizer “o afluxo de pessoas”, em vez de “o fluxo de pessoas.”»

A expressão a rigor não deve ser usada como sinónimo da anterior, pois o seu significado já tem um cariz mais idiomático. Usa-se, sobretudo, a propósito de indumentária e significa de acordo com as exigências da ocasião. Assim, se vamos vestidos a rigor para uma festa, tanto podemos ir mascarados de vampiros (se for um baile de máscaras), de fato escuro e gravata ou vestido comprido e saltos altos (se for um jantar de gala), como, até, de pijama!


4 comentários :

Jaime disse...

Ainda hoje tive uma dúvida vagamente parecida. É "conforme com a lei" ou "conforme a lei"?

S. Leite disse...

Eu diria "conforme A lei". Talvez se diga "conforme com" por haver uma expressão parecida e de sentido igual, que é "de acordo COM".

Leandro disse...

Também diria "conforme À lei", só acrescentaria crase....

Luis Fernando Negri disse...

Jaime,

em rigor(obrigado a este site, aprendi!), deve-se dizer "conforme a lei", pois o que é conforme é conforme ALGO. Portanto, não há o fenômeno crase nessa situação (tal fenômeno é representado pelo acento agudo!), na medida em que a mesma se caracteriza quando se aglutina o artigo "a" com a preposição "a".