21 junho 2012

Arguição ou arguência?



O que diriam, referindo-se ao "acto de arguir": a arguição da tese ou a arguência da tese?















Parabéns aos que escolheram arguição!
Desenganem-se todos os que, como eu, pensavam que se trata de sinónimos...
A palavra arguência não está atestada em português. Soa bem, mas não é necessária, dado que temos o substantivo arguição, proveniente do latim arguitione, cujo sentido original se prende com a ideia de criticar ou censurar - aquilo que faz o arguente.
"Arguência" poderia designar algo como "qualidade de arguente", como a paciência é a qualidade de paciente, ou a decência é a qualidade de decente. Seria um termo bem formado e aceitável, mas não se sentiu ainda necessidade de o consagrar.

3 comentários :

světluška disse...

Respondi corretamente à pergunta inicial, até porque nunca (ou)vi arguência. Não sei ser brasileiro significa alguma coisa, mas o fato é que a tal arguência nunca vi nem mais gorda nem mais magra.

marquecomx disse...

Olá S. Leite, nas minhas buscas na net por blog que apresentem bons conteúdos, esbarrei neste espaço acolhedor e informativo. Sendo assim, gostaria de convidar de forma especial, todos os Educadores que seguem e/ou visitam este blog.
No dia 01/07/2012, foi o lançamento oficial do espaço http://www.educadoresmultiplicadores.com.br/.
Peço que visitem este link, que leiam e caso gostem, participem!
S. Leite, conto com sua participação especial neste novo projeto! Parabéns pelos textos.
Aceitando participar, voltarei para retribuir! Abraçosss

Filipa Costa disse...

Boa tarde. Em detrimento da mesma dúvida, vim esclarecer-me ao google e encontrei o vosso blog.
O meu professor (que está sempre a sublinhar que é licenciado, mestrado, pós graduado e doutorado) pediu ao meu grupo que fizesse a "arguência" de um estudo de caso que tínhamos de trabalhar.
Como tal pessoa é arrogante e snob ao máximo, até tive medo de perguntar o que é que era então a "arguência".
Qual não é o meu espanto quando, em vários sites diferentes, encontro exactamente a mesma afirmação: "arguência não existe nem é sinónimo de arguição". É esta a qualidade dos nossos professores? Tantas habilitações para depois não saberem falar e mandarem os alunos fazer algo que não existe?? Enfim.........