30 agosto 2010

Qual o plural de acordo? Ac[ô]rdos ou Ac[ó]rdos?

O plural de acordo é ac[ô]rdos – com ô fechado.
E porquê?
Porque esta é uma palavra formada por derivação regressiva a partir do verbo acordar, cuja vogal o se pronuncia /u/.
Quando se formou a palavra acordo (já no século XIV), o som da vogal o passou a /ô/, por a vogal passar a pertencer à sílaba tónica. No plural, naturalmente, a vogal mantém-se fechada (/ô/): ac[ô]rdos.
A regra mantém-se, por conseguinte, para outras palavras: a vogal o da sílaba tónica das palavras terminadas em o formadas por derivação regressiva de outras cujo radical tinha esse som fechado pronuncia-se /ô/ e, como regra geral, mantém essa pronúncia no plural: adorno, adornos (de adornar), consolo, consolos (de consolar), encosto, encostos (de encostar), acordo, acordos (de acordar)!

6 comentários :

Provocador disse...

Que dizer de "porco" que faz o plural em "pórcos"?

světluška disse...

Entendo a sua explicação, que não conhecia, mas por que é natural? "No plural, naturalmente, a vogal mantém-se fechada (/ô/): ac[ô]rdos."

Sempre ouvi acôrdos (mas não duvido que alguém no Brasil diga acórdos), mas não entendo o uso da palavra "natural".

S. Duarte disse...

Dizem os especialistas em Fonologia e em História da Língua que nos casos de porco/porcos; ovo/ovos; jogo/jogos, terá sido a vogal aberta do plural que fechou no singular e não o contrário.

Beth Fernandes disse...

Aqui no Brasil fala-se e escreve-se muito mal a língua portuguesa. E para piorar, as crianças e adolescentes, por causa dos MSNs da vida, estão com o péssimo hábito de escrever abreviando as palavras. E ainda por cima estão desaprendendo a fazer uma simples redação. Triste. Trágico mesmo!

Odinilson Lima disse...

Sou brasileiro e falo "acôrdo" e "acôrdos".

Já na forma verbal de "acordar" (despertar), aí sim, eu digo "eu acórdo".
E vocês, portugueses ?

Na minha opinião, a pronúncia é uma característica regional e deve ser respeitada. Eu falo "emoçãu", mas os amigos portugueses falam "imuçãu". Falo "eu tenhu", mas há a variação portuguesa "eu tainhu".

Beth, me desculpa, mas tu está(s) muito enganada. Tu acha(s) mesmo que é só no Brasil que isso ocorre ? Num dicionário de espanhol meu, há uma seção dedicada às siglas usadas na internet. É muito ruim, eu não gosto também. Mas não é somente aqui que o povo digita "koé, vc ta ai"
Por que você não fala mal do inglês estadunidense que é com certeza diferente do britânico ? É por que eles têm dinheiro e por isso merece nos encher de estrangeirismos, né ? Nos soa "importante", "chique".

Que bom que existem variedades ! Pois gosto de aprendê-las: "Legal, nossos irmãos portugueses falam assim". É simples !

Anónimo disse...

Eu sou portuguesa e não digo nem 'imoção' nem 'tanho, nem "coalho' mas 'emoçao', 'tenho' e coElho. Nao confundir pronúncias regionais com a norma-padrão! No norte de Portugal (Viseu, p.ex) pronuncia-se coÊlho, espÊlho, joÊlho. O sotaque lisboeta: coalho, joalho, etc. com subtis variações. Portugal, sendo tão pequeno, tem imensas variantes no falar. Que dizer do Brasil? "mais" em vez de "mas", "meu" em vez de mel, 'paiz' em vez de paz?
Convém não generalizar!